Sunday, January 15, 2006

Operação Cavalo de Tróia - Trecho 1

O livro “Operação Cavalo de Tróia” trata de uma operação secreta de regressão no tempo, à época de Jesus Cristo. As viagens no tempo foram realizadas pelos americanos na década de 1970, sendo o "viajante" um major da força aérea, em cujo diário este livro está baseado. O livro é totalmente escrito em primeira pessoa. Seguem-se alguns trechos emocionantes da conversa entre Jesus Cristo e Jasão, o viajante.
“Jesus sentou-se ao meu lado, com a respiração ainda agitada e a testa coberta de suor.
- Jasão, amigo, que acontece? Tu estás aqui para dar testemunho e não deves fraquejar...
- Então sabes quem eu...
Jesus sorriu e, passando seu longo braço sobre meus ombros, apontou para a porta do jardim, onde ainda montavam guarda seus discípulos.
- Muito tempo irá passar até que eles e as gerações vindouras compreendam quem sou e porque fui enviado pro meu Pai... Tu, apesar de vires de onde vens, está mais próximo do que eles da verdade.
- Mestre, não compreendo por que teus homens andam armados. Muito poucos acreditariam nisso... no meu tempo.
- Os que estão comigo – respondeu com um tom de tristeza – não me entenderam.
- Senhor, há tantas coisas das quais eu gostaria de te falar...
- Ainda temos tempo. Tudo tem a sua vez.
Eu me sentia irritado. Tanto tempo aguardando aquela oportunidade e agora, a sós com o Mestre, eu não sabia o que dizer nem o que perguntar.
- Há pouco tu me perguntaste o que acontecia comigo. Como pudestes perceber?
- Levanta a pedra e ali me encontrarás. Corta a madeira e eu lá estarei. Onde houver solidão, ali estarei eu também.
- Sabes, durante toda a minha vida senti-me só...
Jesus replicou de forma fulminante:
- Eu sou a luz que está sobre todos. Há muitos que se mantêm junto à porta, mas em verdade te digo que só os solitários entrarão na câmara nupcial.
- Fico tranqüilo em saber que todos os que duvidamos temos um lugar no teu coração...
O gigante sorriu pela segunda vez. Mas agora seus olhos brilharam como o bronze polido.
- O mundo não é digno daquele que encontra a si mesmo...
- Mil vezes me tenho feito a mesma pergunta: por que estamos aqui?
- O mundo é uma ponte. Vós passais por ele, mas não vos instalais nele.
- Mas – insisti-, não respondeste minha pergunta.
- Sim, Jasão, sim, eu o fiz. Este mundo é como uma ante-sala do Reino de meu Pai. Prepara-te na ante-sala a fim de que pessoas ser admitido na sala do banquete. Sê um caminhante que não pára!”
(extraído de Operação Cavalo de Tróia, vol. 1, de J. J. Benitez)

1 Comments:

Blogger LiLiK@ said...

Bom, o sr pediu pra mim ler... E eu gostei muito...Otímo pra puxar o freio de mão e "refletir".Muito legal ! Bjs

1:49 PM  

Post a Comment

<< Home